Papel de parede: 22 projetos de decoração para se inspirar

Compartilhe:

Imagem retirada de https://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Decoracao/noticia/2018/09/papel-de-parede-22-projetos-de-decoracao-para-se-inspirar.html

1. A cabeceira estofada com veludo dá peso ao papel de parede com estampa de passarinhos, comprado em Nova York. O resultado ficou delicado e romântico. Projeto do arquiteto Mauricio Arruda.

2. O papel de parede nem precisa estar aplicado para fazer bonito. Se você gostou muito da estampa, mas não tem dinheiro para grandes metragens, exponha retalhos como quadros. Na produção de Camile Comandini, eles foram pendurados em cabides.

3. Na hora de escolher o papel de parede, tome cuidado para não exagerar no desenho. A dica da arquiteta Crisa Santos é tentar manter um equilíbrio entre o traço e a cor.

4. Duas estampas – de bolinhas e de ondas – foram combinadas lado a lado no projeto da arquiteta Evelin Sayar. O uso das mesmas cores facilitou a mistura.

5. O papel de parede que imita vegetação densa trouxe cor e personalidade ao hall de entrada. Projeto assinado pelo escritório Cadi Arquitetura.


6. O estilo retrô do armário mineiro recuperado pelo ateliê La Calle Florida foi reforçado pelo papel de parede com floral clássico. Produção de Tatiana Guardian.

7. O papel de parede floral já é bem estampado, mas nem por isso ele foi o único ponto de destaque da decoração do apartamento da arquiteta Alexandra Albuquerque. Há também o quadro de Isabelle Tuchband e mais desenhos nas almofadas e colcha.

8. Sobraram retalhos de papel de parede? Use pedaços pequenos para revestir o fundo de uma estante. Se eles forem diferentes, melhor ainda, como mostra a arquiteta Andrea Murao.

9. Este duplex de 263 m² é um lugar de memórias, cheio de lembranças afetivas. Na sala de jantar, o papel de parede superdivertido, com estampa de aves, foi trazido de Londres. O lustre é criação própria da moradora.

10. Parece um tecido bordado, mas é papel de parede. Delicado, ele enfeita o quarto de Manuela, de 3 anos. Projeto da arquiteta Monica Drucker.

11. A audácia da produtora Melany Kuperman na cozinha foi optar pelo papel de parede nos armários. “Como quase não preparo comida, foi possível”, conta. Mas nada fácil. O material, comprado em Londres, foi primeiro para o Canadá antes de vir para o Brasil.

12. O papel de parede que imita a textura de tijolos ficou perfeito no quarto dos irmãos Pedro, de 11 anos, e João, 8, que tem tema esportivo. Projeto da designer de interiores Paola Ribeiro.

13. A arquiteta Anna Parisi sempre busca inspiração em algo para criar o tema dos quartos que reforma. Nesse caso, ela buscava, e atendendo a pedidos dos moradores, muitas cores e foi então que ela achou um geométrico papel de parede. Foi amor a primeira vista. "Por conta dele que tudo começou", lembra a arquiteta.

14. Os tons de cinza são a base da decoração do apartamento do arquiteto Robert Robl. O toque de cor fica por conta do papel de parede amarelo mostarda na sala de jantar.

15. A dica de misturar retrô e atual vale para qualquer ambiente. “Amei essa brincadeira do clássico, como o papel de parede, meio Burberry, com o moderno”, afirma a moradora Alessandra Pinheiro. Projeto do arquiteto Mauricio Arruda.

16. Que tal um papel de parede com a planta do seu bairro? A responsável pela fabricação é a empresa estadunidense Point Two Design, que permite a impressão de qualquer cidade ou região.

17. A cozinha neutra não agradava mais, nem de longe transmitia o espírito das moradoras. A arquiteta Raquel Molica usou papel de parede floral e buscou mais impacto com o louceiro verde, mesma cor das folhas da estampa.

18. Para expor os desenhos do filho da moradora no hall de entrada, o designer de interiores Gabriel Valdivieso usou molduras pretas de diferentes tamanhos e os colocou de forma assimétrica na parede, toda revestida com papel de parede em tons de cinza e preto.

19. O tema “selva” foi escolhido pela arquiteta Chantal Ficarelli para as gêmeas Laura e Geórgia por ser diferente do esperado para um quarto de bebê. A estampa vibrante equilibra o mobiliário robusto, passado de geração por geração.

20. Na estampa do papel de parede está o equilíbrio perfeito: as caveirinhas dão a pegada rocker ao tom doce. Lavabo decorado pela designer de interiores Carol Lovisaro e pela arquiteta Fernanda Lovisaro.

21. Com produção de Mario Mantovanni, a decoração teve um aspecto interessante: o mix do papel de parede imitando madeira envelhecida com o toile de jouy. Experimente usar tecidos com estampas inusitadas sobre o papel de parede.

22. Floral está com tudo. Traga personalidade para sua sala de estar com um papel de parede com flores, que combinem com os estofados do ambiente.