Expo Revestir 2019: tendências para todos os estilos e todas as áreas

Compartilhe:

Imagem retirada de http://emobile.com.br/site/industria/expo-revestir-2019-tendencias-para-todos-os-estilos-e-todas-as-areas/

Maior evento focado em soluções em revestimentos e acabamentos para a arquitetura e a construção civil na América Latina, a Expo Revestir ocorreu de 12 a 15 de março de 2019 em São Paulo (SP). Consolidando-se cada vez mais como uma vitrine de tendências em design, a feira chama a atenção também de outras áreas, como a moveleira. Esse setor tem se inspirado tanto no que é apresentado no evento como também vem ditando alguns dos movimentos observados por lá.

Não é à toa que um dos pontos mais comentados pelos visitantes foi a grande presença de painéis MDF revestidos com laminados melamínicos, reproduzindo com bastante legitimidade e de forma mais acessível o visual e a textura de materiais como pedras e madeiras até a cerâmica e o metal. Com isso, essas empresas ampliam seu alcance e exploram novas possibilidades por meio do design de superfícies.

Por falar em novas possibilidades, aliás, a questão experiencial, sensorial e o storytelling por trás da concepção dos produtos é outra questão que continua bastante em voga. Mais do que se trabalhar a criação de novos padrões, cores e desenhos que atendam a um determinado conceito ou mercado, as empresas têm investido fundo em pesquisa para, sobretudo, responder aos mais diferentes estilos de vida em ascensão.

Em um mundo a cada vez mais interligado, multicultural e miscigenado, misturam-se também os gostos, interesses, anseios e movimentos urbanos, construindo-se cada vez mais uma linguagem e uma rede de tendências globais, porém, sem se desprezar as peculiaridades de cada local, em um processo que chamamos de “glocalização” do design. Em resumo, a Expo Revestir não só confirma as tendências observadas nas principais feiras internacionais neste início de ano, como também demonstra a paridade do design brasileiro em uma escala global.

Painéis e laminados ganham destaque na Expo Revestir
Um exemplo disso é o padrão madeirado Freijó, cocriação da Guararapes em parceria com a Impress Decor. Apesar de se tratar de uma madeira tipicamente brasileira, ela se comporta de maneira universal, devido ao seu desenho clássico, com catedral alongada e movimentos leves em tom dourado, conversando muito bem com a preferência por madeiras quentes e naturais com fundo em tonalidades amareladas ou avermelhadas que tem sido observada nas principais feiras ao redor do mundo – relembre essa e outras tendências em revestimentos para 2019/20.

Indo do Brasil para a Itália sem sair dos pavilhões da feira, o padrão Tinto foi uma das novidades apresentadas pela Arauco. Revestimento também desenvolvido junto à Impress, ele é inspirado nos barris utilizados no envelhecimento dos vinhos da região da Lombardia. Para isso, o painel tem em sua superfície o desenho do carvalho com tons avermelhados e discretos contrastes que evocam uma beleza simples e ao mesmo tempo sofisticada (características da região). Sua versatilidade permite com que seja combinado a diferentes padrões e cores – especialmente aos tons terrosos que, junto às tonalidades pastel, continuam sendo os destaques nesta temporada.

Ainda falando em madeira, o piso laminado New York, da Eucatex, coloca a tendência vintage e a valorização de memórias afetivas no centro do design de superfícies, apostando numa releitura moderna, dinâmica e elegante do clássico e atemporal estilo espinha de peixe. Ao permitir ser aplicado em diferentes graus, o revestimento “brinca” com formas geométricas e angulações – quiçá a maior tendência deste ano. Outro ponto forte é sua régua de 44,5 cm (maior piso disponível no mercado brasileiro), explorando a pegada dos grandes formatos ou maxiformatos, que apareceu com tudo no ano passado e continua em evidência.

O mesmo se aplica à linha Street, da Duratex. Trabalhando a sobreposição de elementos geométricos e formas orgânicas sobre fundos neutros com referências do universo urbano – sinergia bastante adotada pela Impress em suas últimas coleções -, destacam-se os padrões Verona e Nassau: superfícies híbridas que tanto podem ser usadas como protagonistas ou para neutralizar os ambientes, dependendo da forma como são aplicadas e combinadas nesses espaços.

Os revestimentos híbridos com fundo cinza ou bege, aliás, foram algumas das principais atrações da Expo Revestir (do piso às paredes), combinando-se tanto aos unicolores, quanto às madeiras naturais e até às pedras com veios bem destacados (tendência que se consolida e foi o carro-chefe de muitos expositores). Não por menos, a Pertech optou pelo padrão Concrete Gray, também da Impress, para revestir o chão de todo o seu estande. Lembrando a um concreto com marcas de desgaste ocasionadas pelo uso e pelo tempo, trata-se de um híbrido de tonalidade cinza quente com linguagem bastante atual, conversando com as formas contemporâneas do morar.

Por falar na vida contemporânea, a tecnologia tem sido uma das principais aliadas de engenheiros, arquitetos e moveleiros na busca por projetos sustentáveis e com bom custo-benefício. Um exemplo é a superfície Corten, resultado do trabalho conjunto entre a Formica e a Impress Decor Brasil. Indicado para o uso em áreas externas e fachadas, além de entregar um visual idêntico ao metal, que vem ganhando cada vez mais protagonismo, o laminado de alta pressão é mais econômico e oferece bastante resistência e estabilidade, inclusive às intempéries climáticas, como sol e chuva.

Fonte: emobile